sábado, 1 de fevereiro de 2014

MULHERES DE ABRIL

Mulher revolução
rompeste
praças e ruas
inundando de cravos
a cidade
mulher liberdade
fez-te companhia
levando no regaço
as rubras bandeiras
guardadas há muito
no coração 
das gentes
Depois do adeus
na esquina 
esperava -nos
o rosto da
mulher igualdade
A mulher esperança
de mão dada
com a mulher fraternidade
sorriram-nos
abraçando-nos
e neste país
o nosso Abril
foi mãe, mulher
de muitos mil.

Ester Cid


2 comentários:

Maria Godinho disse...

Belo e excelente poema! Abril, Liberdade...

jrd disse...

As Mulheres de Abril hão-de ter o Abril das mulheres e os homens...

:)